Playlist: 08 de Março




Fala Disconcentrados!

Dia 8 de Março é o Dia Mundial das Mulheres. A data história é marcada pela busca das mulheres por seus direitos como reivindicações de igualdade de gênero. A data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 1975, mas a data é lembrada desde o inicio do século 20. Na BCC (clique aqui) eles fizeram uma matéria bem legal com a parte histórica da data que eu super recomendo a leitura.

O mundo todo parou - em conversas, debates, manifestações - para discutir importantes causas relacionadas as mulheres. Ao longo do dia fui bombardeada de mensagens incríveis sobre ser mulher e o respeito que merecemos e, em contra partida, inúmeros casos de violência contra a mulher e casos de feminicidios. Por hora, ao menos hoje, vamos focar na nossa força nas nossas conquistas, para tomar um fôlego e recuperar as energias para luta diária que temos.

Apesar das tristes noticias que, infelizmente, recebemos todos os dias, hoje foi um dia que me trouxe muitas alegria diante a uma luta que vem desde 1909. Vi posts em redes sociais e fui abraçada por mulheres pela nossa garra, nossa força, nossa coragem. Vi alguns homens, que estão se dispondo, falarem sobre o respeito com as mulheres e reprendendo os demais por atitudes machistas. Vi muitas flores serem distribuídas sim, mas vi muita força, muito "ninguém solta a mão de ninguém". Senti uma força e união incrível capaz de construir, encorajar, fortalecer cada mulher abraçada. Espero que nós possamos nos unir cada vez mais. 




Nesse dia especial para todas as mulheres, montei uma playlist especial sobre o "Girl Power" com musicas que falam sobre a força da mulher e sua sensibilidade. Uma playlist para ser ouvida hoje e todos os dias que você, mulher, precisar se lembrar de quem somos. Pensada em cada canção para te inspirar a ser mulher.

Tanto a capa da playlist, quanto a foto desse post tem um pouco da nossa luta. Nossa força simbolizada na mão fechada, as unhas vermelhas que por muitos anos foram motivos de julgamento do comportamento feminino e o clássico batom vermelho que nos marca, nos fortalece, deixa marcas e era mais um ícone da moda que era "motivo" para julgamentos.

Hoje, já superamos as unhas vermelhas, os batons vermelhos e estamos na luta por andar livremente sem medo, sem ter que pensar se roupa A ou B vai ser "perigoso", estamos no começo de um longa batalha. Saúdo as guerreiras que venceram até aqui, estendo minhas mãos para lutar ao lado das minhas companheiras de batalha e me disponho a ensina as mulheres que estão por vir como lutar.

"Nós somos um exército. A nossa arma é a resistência."

Nós não somos o "Sexo Frágil". Somos força, somos coragem, somos amor, somos união, somos direito, somos respeito - merecemos respeito -, somos MULHERES

Com muita força e resistência. 

- Luiza Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário