#DsSérie: Riverdale - Primeira Temporada

Fala Disconcentrados!

Depois de muita música aqui no blog, está na hora de abrirmos um espacinho para elas que nos fazem maratonar, nos prendem na frente da TV e nos envolvem de um jeito... Hoje é dia de SÉRIE no Disconcentra.


Como já entreguei ali no título, hoje vamos falar da primeira temporada de Riverdale. A série que foi lançada em 2017, conta a história da pequena cidade de Riverdale. Conhecida como "Segura. Decente. Inocente." que virou de cabeça para baixo pelo misterioso desaparecimento - e morte - do jovem Jason Blossom. Na rotina abalada da cidade em meio ao caos do acontecido, os amigos Archie Andrews, Veronica Lodge, Jughead Jones, Betty Cooper, tentam lidar com os conflitos da adolescência enquanto investigam o caso da morte do jovem e acabam descobrindo muitos segredos dos moradores da cidade.

A história criada por Roberto Aguirre-Sacasa é narrada pelo Jughead - personagem do Cole Sprouse - que está escrevendo o seu livro sobre a tragédia ocorrida no feriado de 4 de julho na cidade. Sua investigação vai apresentando vários personagens, suas ligações com o Jason e sua família - a mais rica e poderosa da cidade - e os possíveis motivos pelo qual eles podem ser ou não um suspeito de matar o garoto.


Com uma fotografia incrível, detalhista e bem trabalhada, o roteiro da trama é contado de uma maneira envolvente que te faz se sentir parte do grupo de amigos, te faz criar laços com cada personagem. Escrito de uma forma que literalmente me tirou o fôlego em algumas cenas, me fez querer estar lá ajudando. Me senti tomada pela série. Eu queria passar horas comendo cebola frita e milk shake com eles na lanchonete 24 horas do Pop's. Diga-se de passagem, essa lanchonete é o meu cenário favorito da série, pela riqueza de detalhes que está presente nela. Cada cantinho bem planejado e tudo muito bonito.

E como o Disconcentra é um blog que falamos muito de música, eu não posso deixar de comentar a trilha sonora da série. Com a banda Josie And The Pussycats cantando alguns clássicos já conhecidos do público, algumas músicas que eu não conhecia - mas me encantei -, temos também o Archie e a Veronica nos vocais. Quando eles cantam Kids in America, eu estava cantando, dançando, pulando na frente da Tv. Achei bem construída e a música certa para a cena certa, nada forçado. Parece até que na vida é assim mesmo - queria eu que fosse.


Minhas impressões durante a série - com coisas bem pontuais - foi de achar algumas cenas e acontecidos meio óbvios, mas fui absurdamente surpreendida no final da primeira temporada. Comecei a assistir a série por estar numa pesquisa sobre audiovisual adolescente, mas a série me surpreendeu positivamente, fiquei presa com todos os episódios que quando me dei conta já estava maratonando Riverdale. Achei uma série bem rápida, não cansativa, que você consegue sentar e assistir em um dia sozinho ou acompanhado e que você recomenda para os amigos.

Se você já assistiu Riverdale, me conta o que você achou - sem spoliers para a galera que ainda não assistiu! Se você não assistiu, você encontra a primeira temporada na Netflix e a segunda ainda não chegou na plataforma streaming, mas estou bem ansiosa para maratonar a segunda temporada. E vale lembrar que a emissora já confirmou a terceira temporada da série. Quando você assistir, vem aqui me contar o que você achou e se gostou da dica.

Boa Maratona para vocês!

- Luiza Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário