Vida Real: Atenção aos Detalhes


Fala Disconcentrados!

Você já sentiu seu corpo todo leve, uma sensação de liberdade, quase como se você tivesse asas e pudesse voar? Já sentiu uma energia se espalhar por todo seu corpo tomando cada pedacinho quando algo te deixou feliz? Você já acordou, abriu a janela e sorriu por ter um sol lindo te iluminando? Você já se molhou nas primeiras gotas da chuva e sorriu por sentir seu coração se expandir? Você já sentiu seu corpo querer dançar quando você descobre uma música nova que mexe diretamente com você? Você já percebeu os pequenos detalhes de amor do dia a dia?

Por-do-Sol - 26.01.2018

Hoje - se fosse há um mês atrás - eu estaria sendo irônica de escrever isso tudo. Hoje várias coisas que poderiam "dar errado" no meu dia, deram. Prazos que atrasaram, entregas não prontas, rotina bagunçada, aquele tom de voz que sem querer sai errado, tantas coisas que há um tempo atrás me deixaria muito irritada e esbravejando o mundo, eu definiria meu dia com essas coisas. Ah! Coloca na conta uma TPM também. Mas as coisas foram um pouco diferentes.

Mesmo com todas as coisas que aconteceram hoje, eu preferi focar nas alegrias - pequenas - do dia e me apegar a elas. Comecei meu dia vendo minhas luzinhas brilhando e ao fundo o sol nascendo, estava meio escuro ainda.  No caminho para o trabalho uma brisa tão gostosa e refrescante passou que até  fechei o olho para sentir melhor a sensação. No meio do stress e caos do trabalho, eu tirei 15 minutos para respirar e colocar as ideias em ordem e um amigo meu me apresentou duas bandas incríveis. Eu cheguei em casa e com tanta turbulência - com foco nas minhas metas - eu consegui deitar e desligar a minha mente, eu vi o sol se por da minha sacada, eu me inspirei com ele e vim aqui escrever.

Você consegue perceber quanto dessas coisas são detalhes mínimos, detalhes que  passam despercebido para gente no dia a dia? Por um momento do meu dia de hoje, meus problemas no trabalho tiveram seu destaque, claro! Porém o saldo final no final do dia, eu respiro fundo e consigo agradecer todas as alegrias que tive.

Você deve estar se perguntando: Por que raios você tá falando tudo isso sua louca? É bem simples, eu explico! Há um tempo atrás eu não ia conseguir ver o lado bom, eu saberia que houve algum, mas eu não olharia para ele com atenção, os problemas iam ser o destaque principal.

Me propus a ver esse lado do copo cheio, é treino. Você procurar o que te deixa leve, o que te trás paz, aquilo que te alegra. Vai se treinando o olhar para aquilo que realmente importa. Eu to procurando ser uma pessoa melhor para mim mesma, porque tudo o que eu jogo para o mundo, ele volta para mim.

Quando reparamos os pequenos detalhes, quando procuramos a alegria em cada cantinho, vemos o amor, em cada cantinho e você se proporcionar isso, se proporcionar momentos de amor. Você vai se dar amor e se compartilhar isso, vai entregar amor. Essa entrega está me fazendo tão bem, que eu recomendo você a treinar seu olhar.

Pegue aquelas alegrias pequenas do dia a dia e transforma ela em momentos sensacionais de se sentir!

Com amor,

Luiza Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário