#30DaysLetterDs - Dia 6 - Um estranho

Reprodução: We Heart It


Caro "Estranho",

Como você tá? Como foi seu dia? Qual sua cor favorita? Onde você mora? Que país você vive? Qual a sua religião? Você bebe? Você frequenta que lugares? Você prefere show o balada? Como chama seus pais? você tem irmãos, Sua família é grande ou pequena? Você é adotado? Você tem muitos amigos? Você tem um melhor amigo? Você namora? Você é feliz? Você pratica algum esporte? Você tem quantos anos? Quando é eu aniversário? Você come carne? Você tem alergia de alguma coisa? Afinal...Quem é você?

Quantas perguntas que poderiam nos tornar conhecidos, não é? Olha como é louco esse mundo, nós não nos conhecemos, mas podemos nos conhecer. Em algum momento das nossas vidas vamos sair de desconhecidos e nos tornar conhecidos, amigos ou quem sabe até algo a mais. Imagina hoje, você que está lendo isso, amanhã nós dois sendo amigos, ou talvez, sendo a pessoa que vai estar comigo numa viagem inesquecível, ou quem sabe você é o "amor da minha vida". Imagina só!

Tem uma música da banda NDK, que chama desconhecido e quando eu vi pra quem eu ia escrever essa carta hoje, essa música me veio a cabeça e acredito que tem tudo haver com essa nossa relação aqui

"Ei, você desconhecido / Não quero andar sozinho vamos conversar / Senão nos conhecermos / Como saberemos se podemos nos ajudar" (Desconhecido - NDK)

Eu estou a um bom tempo olhando pra tela do meu computador e pensando como será a sua vida. Um amigo meu uma vez me proporcionou uma reflexão: Olhe da janela da sua casa a noite, olha quantas luzes acesas nesse espaço que a sua vista pode te mostrar, imagina que cada luzinha dessas é uma história diferente. Faça isso, olhe sua janela. Estou fazendo isso agora... qual será dessas luzes que é a sua? Será que a sua luz eu vejo da minha janela ou será que está longe daqui? Céus, esse mundo é muito grande!

Eu, dentre muitas viajadas mentais durante as madrugadas vendo as luzes da minha sacada, me coloquei a pensar o que eu queria deixar registrado nessa carta que poderia ser útil em algum momento da sua vida, que a minha vida tenha e ensinado e consegui pensar em 3 coisas:


  1. Se a nossa fé é grande, não existe esse tal de Impossível. E por fé, eu não me limito a uma unica religião, eu quero dizer aquilo que te mantem firme, aquilo que te da forças, aquela chama que te dá esperança quando tudo parece estar acabado. E por impossíveis, quero que você pense em tudo, TUDO aquilo que alguém disse pra você que você jamais conseguiria alcançar. Todos os seus sonhos, se eles estão com você é porque você é grande o suficiente para alcançar todos eles. TODOS!

  2. Sua família e seus amigos são a joia mais preciosa da sua vida. É desconhecido, recentemente eu descobri uma coisa que dizem por ai que chama "vida adulta"... pois é, ela é traiçoeira. Ela te mostra um mundo cruel, no qual, ninguém te prepara pra ela. As pessoas até te contam como é terrível, mas ela  é muito pior na pela. E nessa tal vida adulta você pode viver uma eterna relação de amor e ódio. Amor por muitas coisas legais que você pode fazer, mas "ódio" por ter que deixar muito pra trás. Eu estou tendo que encarar varias coisas na minha vida e o que eu mais sinto falta da hora que eu levanto, até a hora que eu deito é: o tempo que eu passo com as pessoas que eu amo. Não, nós nunca aproveitamos o suficiente e talvez seja por  essa tal vida adulta, que a ideia de happy hours, baladas, almoços de família são ocasiões capazes de me arrancar um sorriso. Pense nisso com carinho.

  3. Trabalhe com o que você ama e nunca vai ter que trabalhar na vida. Eu não me recordo quem foi a alma iluminada que falou isso a primeira vez, mas eu te garanto que essa pessoa está completa de razão. É horrível a ideia de você ter que trabalhar em algo que você não gosta porque simplesmente "você tem contas pra pagar", sim, todos temos, mas o fato de você trabalhar com aquilo que você gosta vai te dar uma força maior para trabalhar e sua sanidade mental -talvez - seja polpada por mais tempo. Tem algo que eu carrego comigo que é " Se eu for ensinar algo pra alguém será: Não importa o que digam pra você, trabalhe SEMPRE com o que você AMA. É O MELHOR TRABALHO DO MUNDO!" E como estamos nos conhecendo agora, acho super importante eu te ensinar isso! 
Eu espero que você esteja bem, se não tiver, aqui vai meu ultimo conselho: Tudo na vida depende do ponto de vista, é relativo. As vezes momentos tristes, angustiantes devem ser olhados de outra forma. Não, não é fácil, mas só assim podemos nos fortalecer, afinal "Mar calmo nunca fez bons marinheiros!"

Eu espero que você deixe de ser estranho e seja uma pessoa que vá iluminar a minha vida um pouco mais, que traga amor e alegria!

Uma futura conhecida sua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário