#DsLivros - 10 problemas de ser um leitor compulsivo

Fala Disconcentrados!

Ler é sempre muito bom, conhecer mundos novos, personagens novos, viajar sem sair de casa. Eu sou apaixonada por livros e nunca me contento com um só e você, também é daquelas pessoas que entra numa livraria e quer sair com milhares de livros novos de lá?
Hoje estava vendo o tamanho da minha lista de "Livros para ler" e conclui que sim, eu sou uma leitora compulsiva! Resolvi montar uma listinha com 10 problemas de ser um leitor compulsivo que encontramos pelo caminho!

1- Tem uma lista infinita de livros.

O primeiro problema é que sempre temos mais um livro para ser adicionado na lista, acabamos de comprar um livro e quando passamos pela porta da livraria - as vezes nem chegamos a porta -, e já temos mais um título adicionado na nossa lista. A questão é que é fascinante conhecer novos lugares estando no seu próprio lugar, a magia de um bom livro é o que aumenta essa lista sempre.

Bienal do Livro SP - 2014

2- Tem um estante cheia de livros (virtual ou não).

Como sempre estamos com uma lista gigante, aumentamos a nossa estante. Seja ela cheia de livros emprestados, novos, usados, não importa... o que é importante é ter um espacinho pra mais um. Inclusive, sonhamos com uma estante ou um quarto grande para poder montarmos nossa própria biblioteca particular, não é mesmo?

3- Tem vários amores platônicos e/ou shippes.

Não importa o gênero do livro, romance, drama, comédia, aventura... nós desenvolvemos uma ligação com os personagens, as vezes nos apaixonamos por eles, as vezes ficamos combinado eles - shippando- durante toda a trama e torcemos para que eles tenham o final feliz que eles merecem. Eu já me apaixonei algumas vezes pelo meu personagem favorito do livro e sempre acabo tendo um shipper de um casal do livro que to lendo, é algo tão magico, como se você visse a história passando na sua frente.

4- Está sempre sem dinheiro

Em tempos de crise (até antes), entrar numa livraria e nunca ter dinheiro para levar todos os livros é algo comum, porém, acredito que devemos sempre procurar as coisas boas até no meio das coisas ruins, como não ter "grana", já pensou que temos sempre motivos para voltar na livraria? E se expressarmos o desejo de ler algum título, podemos ser presenteados com a alegria de mais um mundo para conhecermos.

5- O primeiro - ás vezes único - lugar para comprar um presente pra um grande amigo é na livraria.

Falando em presentes e na alegria de ganhar um livro no tópico anterior, é muito legal conhecer e dar um presente, um universo novo para um amigo conhecer. Eu - particularmente - sempre corro para as livrarias quando tenho que escolher um presente para um amigo especial, leio várias sinopses, capas e contracapas. Procuro qual o universo é melhor pra cada amigo meu e TA-DAH! mais um leitor!

6- Passa 2 horas ou mais em uma livraria

Um lugar calmo, cheio de histórias novas para serem ouvidas, um lugar em que "eu vou rapidinho e já volto" não existe, exceto se 2 horas forem o seu "rapidinho". Livrarias são lugares mágicos que tem o poder de fazerem o tempo passar muito rápido que quase não sentimos, só eu que tenho esse problema de me perder do relógio dentro desses lugares?

7- Sebos são um -quase- paraíso

Assim como as livrarias, os sebos são grandes aliados dos amantes da leitura. Encontramos livros usados, capas diferenciadas, edições que já saíram de estoque, folhas amareladas revelando os anos passados e - a minha parte favorita - as dedicatórias perdidas. Eu acho lindo ir em um sebo, escolher um livro e quando abrir ter lá uma dedicatória especial para alguém... me faz pensar em qual a história marcada naquele espacinho além da história contada nas páginas daquele livro. Ah! E claro, sebos -geralmente - são mais baratos.

8- Não larga um livro enquanto não termina.

Eu não consigo, livros só saem da minha mão quando chego ao fim. Eu viro dias e noites lendo, não por pressa de acabar, mas por curiosidade para saber o que vai acontecer. O meu livro favorito "O preço de uma lição" do Federico Devito e do Gutti Mendonça eu li em 2 dias, porque eu queria muito saber o que aconteceria no final... e esse é só um exemplo de vários livros que me tiram o sono. Acredito que eu não seja a unica que é tomada pela curiosidade e imaginação e fique presa a um livro até ele chegar ao fim, mas nos últimos capítulos dá uma tristeza por estar acabando.

9- Sofre pelos personagens como se fossem íntimos. 

 E quem disse que não somos? Conhecemos a mente, a rotina, os problemas, as preocupações, somos os confidentes especiais que ouvimos - em alguns casos- até a sua consciência falar. A intimidade personagem-leitor é grande cutucador da nossa imaginação, o que nos faz querer mais. Observem a relação dos fãs da saga de Harry Potter, por exemplo, eles desvendam os mistérios junto com os personagens, se aproximam ao enfrentarem a aventura juntos e se apaixonam por viverem tudo aquilo. Liberem a imaginação de vocês!

10 - Respira fundo e começa tudo de novo.

Quando crianças somos perguntados qual super-poder gostaríamos de ter, respondia que queria se invisível, mas hoje, se me perguntarem de novo eu responderia  "Agradeço por já ter meu super poder, por ter a minha imaginação." Já parou para refletir o quanto um livro nos muda, mexe com nosso coração, nos causa impacto? Agora respire bem fundo, junto comigo. Segure o ar. E solte lentamente sentindo o ar sair dos seus pulmões. Pronto, agora você já está preparado para se aventurar novamente em outro mundo, com outros personagens e divirta-se! Começamos tudo de novo.

Eu amo ler e confesso que AMEI escrever esse post para vocês, falamos muito pouco de livros por aqui não é? Estou tentando trazer para vocês mais livros, mais novidades do mundo literário e queria que vocês deixassem nos comentários livros que vocês gostaram de ler, seus autores favoritos, qual personagem você já se apaixonou... Conta-me tudo, não me esconda nada!

Espero ver vocês aqui nos meus comentários e poder voltar em breve com mais sobre o universo literário!

Até mais,

- Luiza

Nenhum comentário:

Postar um comentário