SHOW: 15 DE MARÇO, EM PIRACICABA

SALVE, SALVE DISCONCENTRADOS! Hoje vamos falar de show? Vamos!
Dia 15 DE MARÇO, sábado, rolou um show muito legal em Piracicaba, no Capitan Jack Music Bar, e eu e a Hels não podíamos perder. É nessa vibe que venho contar como foi e aproveito para apresentar algumas bandas que vocês vão pirar!
Antes de mais nada: Muito obrigada às bandas que conversaram com a gente, à galera que veio falar do blog (fizeram minha noite mais linda ainda), à Laísa e à Alinne pelas risadas, à Ca Soares pela foto que tirou da gente e todo mundo que compareceu e fez a noite ser sen-sa-ci-o-nal.

image

A primeira banda da noite vem do Rio de Janeiro para esquentar e animar todo mundo. HUNNA, trouxe uma setlist com músicas próprias – em português e em inglês – e alguns covers de grandes bandas de rock, como a Foo Fighters. Show bom é assim: faz geral pular, cantar, dançar. Eles conseguiram, preparando todos para a longa e divertida noite que estava apenas no começo.


Os cariocas são super simpáticos – dois beijinhos para cumprimentar, me lembrarei disso –, prazer imenso em conhecê-los! Sem contar que a música deles é tão boa que já ganhou espaço na minha playlist diária.

image

Depois da Hunna, os meninos que são super parceiros do DS: “Banda BARON tá na área”. Os meninos subiram ao palco com muita garra e gratidão aos fãs que compareceram. A banda apareceu com um integrante a menos, o Régis – guitarrista e conhecido por aqui como Regitinho do Molejo – estava muito doente e não pôde comparecer (um choque para todos, mas ele já está bem e pronto pra subir ao palco de novo). Para substituir o guitarrista, os meninos contaram com o musico Paulo Santos, que ajudou no improviso.

Esse show foi duplamente de arrepiar. No palco, a Baron representou tocando muito, Lalli estreando lindamente no baixo – BEM VINDO, LALLI! –; na frente do palco, os fãs. O público teve papel fundamental, mandando boas energias pra banda, cantando junto todas as músicas. Todos sabiam a música nova “Vem Dançar” na ponta da língua – no dia seguinte que ela foi lançada.

image

Logo depois, a banda BRAWZER subiu ao palco. Com covers e músicas próprias – como “O Jogo” –, os meninos mantiveram o clima lá no alto, impossível não se contagiar. Fazendo cover de Strike, eles levaram a galera ao delírio. O entusiasmo da plateia era fenomenal, além da própria animação da banda. A vibe que a banda deixou na casa foi indescritível.

image

E agora, mais uma banda que chega do Rio: DROPS96! Com uma mistura de eletrônicas – como o cover de “Don't You Worry Child” (Swedish House Mafia) –, músicas próprias e covers nacionais, a banda marcou a noite com um show fantástico! A galera aprovou na hora, curtindo o show cada vez mais.

Uma das “marcas” deixada pela banda no show – além da parte mais eletrônica, que me conquistou – foi durante a despedida, em que o vocalista se despediu agradecendo à “Curitiba”, mas logo se corrigiu lembrando que estava em Piracicaba. A galera riu e desculpou o vocal.

image

A banda DIVISA subiu ao palco de Piracicaba, nos dando mais um pouco do Rio de Janeiro. Assim como os outros shows da noite, a Divisa chegou para marcar, brilhar e divertir a galera. A novidade em cima do palco era a vocal da banda Mica Condé, trazendo a voz feminina ao show com covers – como Admirável Chip Novo (Pitty) – e músicas do trabalho recente da banda, do álbum “Marco Zero”.

Falando no CD da banda, ganhamos uma cópia da própria Mica e temos que dizer: o trabalho está incrível! A qualidade das músicas, a capa, tudo! É um CD que está no meu radio há dias e estou viciada nele.

Já falamos desses seis rapazes aqui no blog quando lançaram o clipe Pedaço de Sol! Já sabem qual é a banda? A última da nossa lista: banda MARÉ-É-É-É!

image

As fãs da banda apareceram em peso e o show foi fantástico, com dois momentos marcantes:
  • A banda fez vários covers de músicas nacionais, entre eles clássicos como do Charlie Brown Jr., “Vem Ser Minha” e “Tudo O Que Ela Gosta de Escutar”, que geral cantou muito forte.
  • Quando a banda anunciou que iriam tocar a última musica, as fãs cantaram Sol e Mar “a capella” enquanto os músicos assistiam. Essa inversão de papéis foi uma linda demonstração de amor e carinho das fãs com a banda, deixando a todos nós arrepiados.
O show da Maré foi curto, mas mesmo assim: incrível!

Mais uma vez, muito obrigada a todos que fizeram a noite ser boa! Aos velhos e novos amigos que lá estavam, as bandas, a equipe que organizou o evento e ao motorista da van (hahaha)!

Para quem não conhece as bandas, confiram nossa playlist e não deixe de procurá-las e curti-las no Facebook! Por hoje é só!


ATÉ A PRÓXIMA
— LULY

Nenhum comentário:

Postar um comentário