#30DaysLetterDs - Dia 2 - Seu Crush

Reprodução: We Heart It



Oizinho,

Minha segunda missão nesse desafio e, WOW, tenho que escrever pra você. Não que isso seja algo novo, tenho espalhada pelas minhas coisas cartas nunca enviadas pra você,  cartas de amor, cartas de saudade, cartas que revelam o quão platonico é esse amor, mas que ao mesmo tempo o deixam um pouco mais real.

Recentemente eu te encontrei por ai, você ia tocar num lugar lindo e mágico e eu, claro, fui te ver. Fui te ver porque estav com saudades de te ver, com aquele jeitinho que eu amo, aquele sorriso que ilumina seu rosto todo.É eu tava com saudades de você.

E sabe, a vida é engraçada. Eu passei a semana antes daquele sábado ansiosa, vendo tudo que eu tinha de nós pra me acalmar e eu não sabia qual seria a minha reação ao te reencontrar depois de tanto tempo, eu perdi o sono, eu sonhei com você, eu não sabia o que esterar de mim, de você, de um "nós" que - no fundo 0- nunca existiu.

Chegou o grande dia, aquele que eu ia matar a saudade. Fui com uma amiga de infância te ver e ali, naquele dia comecaria as comemorações para o meu aniversário desse no. Um jeito daquela menina adolescente pequena dar um oi nessa mulher adulta que a vida cobra. Dancei muito com as minhas amigas que estavam lá, dancei tipo a Natasha do Capital, como se o mundo fosse acabar, ali, naquela noite.

]já era tarde, você não tinha aparecido ainda e eu resolvi ver nas suas redes sociais onde estava você... E a vida vai lá e mostra que é capaz de sempre me surpreender. Fazia 53 egudos que você havia postado que tinha chegado lá, que estavamos - depois de anos- no mesmo lugar. Um turbilhão de coisas passou pela minha cabeça, Mas - agradeço aos céus - por ter tido a sensibilidade de prestar atenção na musica que tocava na balada naquele instante e *insira aqui um riso frouxo, por favor * estava tocando "Oração, da banda mais bonita da cidade.

" Coração não é tão simples quanto pensa/ Nele cabe o que não cabe na despensa / Cabe o meu amor! / (...) Cabe nós dois/  Cabe até o meu amor.." 
AH! Meu amor, Você que foi um crush de adolescencia estava ali, para "encerramos" um ciclo. E eu, estava pronta pro caminho que o destino resolvesse trilhar para nós. Que noite mágica eu tive,  Eu adoror ir pra balada e dançar até não aquentar mais e você, naquela noite, foi um dos Dj's que mais me fez sentir a música. Você me surpreendeu essa noite, me arrancou sorrisos como a tempos não fazia. Você pegou na minha mão e deu aquele sorriso que te ilumina todo e enche meu coração, que a adolescente que lá trás se apaixnou por você aradeceu aos céus pelo fim daquel ciclo.

Ah, que noite! Uma noite onde a vida encerrou um ciclo e me mostrou muitas coisas. Níós conversamos, tiramos fotos, rimos juntos, você conseguiu me deixar tímida... WOW! Que noite. Obrigada.

Hoje minha missão é escrever uma carta pro meu "Crush" e eu não consegui pensar em outro cara se não você, meu crush de adolescencia. Eu nunca vou ter palavras pra explicar essa loucura toda que foram os oito anos que se passaram da minha vida, vendo você crescer e crescendo junto. Tendo sonhos  e esperança que esse amor foi ir além, mas, a vida trilha caminhos e nós spó seguimos e buscamos ser felizes ao máximo! Obrigada!

Hoje eu escrevo uma carta, que é tipo uma despedida. Há dias atrás você encerrou um ciclo na minha vida  e eu não consegui te escrever nada, não consegui expressar em nada. Eu agora, to pronta pra crescer. Faltava me despedir de você, mesmo que eu saiba que você vai ser sempre meu crush e mesmo sabendo que eu vou te acompanhar sempre. Agora, eu encaro a realidade com outros olhos e pronta para crescer.

Obrigada por esses 8 anos sendo meu crush e tenha a certeza que contarei aos meus filhos como teve um cara incrível desse jeito na minha vida... mesmo que ele não soubesse exatamente sobre isso. Espero que um dia a vida me permita mostrar todas as cartas que nunca foram enviadas e que essa chegue até você. Obrigada

Com todo amor que já te dei ( e que vai continuar guardado em mim)

Da pessoa que te crushou, por anos. ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário